publicidade

Vedações e revestimentos verticais >> Revestimentos aderidos

Placas cerâmicas (paredes)

GB - placa cerâmica esmaltada de média resistência
UB - placa cerâmica não esmaltada de média resistência

  1. Não aplicável em placas cerâmicas com carga de ruptura ≥ 3000N.
  2. Pode ocorrer efeito de craquelê por conta de alguns efeitos decorativos; nestes casos é necessário que os mesmos sejam identificados como gretamento pelo fabricante e o ensaio não é aplicado.
  3. Os valores de aplicações específicas podem ser verificados pelos métodos de ensaios disponíveis e os limites acordados entre as partes.
  4. Ligeira mudança de tonalidade não é considerada ataque químico.
  5. Recomenda-se que revestimentos com carga de ruptura < 400N sejam utilizados somente para uso em paredes e devem ser indicados pelo fabricante.

*Em placas cerâmicas com áreas menores que 57 cm², a norma recomenda que sejam realizados os ensaios de absorção de água, resistência aos agentes químicos, resistência a manchas, resistência ao gretamento, expansão por umidade; os demais requisitos não se aplicam a este tipo de placa cerâmica.

De acordo com a NBR 13818:1997, os valores dos itens: Expansão por umidade (fachada), Dilatação térmica linear, Dureza Mohs, Resistência ao congelamento1), Resistência ao impacto¹) e Cádmio e chumbo solúveis1) são estabelecidos por acordo.

Os valores de aplicações específicas podem ser verificados pelos métodos de ensaios disponíveis e os limites acordados entre as partes.

Nota: A NBR 13818:1997 informa que no caso de fachada deve ser exigida a característica de resistência à abrasão superficial, PEI.

Solicitar a qualificação ou certificação do produto

Obs.: A empresa deverá informar se o seu produto é qualificado ou certificado, o programa, a entidade coordenadora geral, a entidade gestora técnica ou o OCP (Organismo de Certificação do Produto).

Solicitar informações sobre a classificação ambiental

  • Classificação do resíduo: conforme resolução CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente) 307, de 05 de julho de 2002, e 431, de 24 de maio de 2011, os resíduos de placas cerâmicas podem ser considerados de classe A.
  • O FABRICANTE DEVE INFORMAR A CLASSE DO SEU PRODUTO.
  • Destinação do resíduo: Os resíduos de classe A deverão ser destinados a aterros de resíduos da construção civil ou a usinas de reciclagem como agregados.
  • O FABRICANTE DEVE INFORMAR A DESTINAÇÃO, CONFORME RESOLUÇÃO DO CONAMA

Obs.: Caso a empresa tenha DECLARAÇÃO AMBIENTAL DO PRODUTO, solicitar as informações.

DESEMPENHO

  • Desempenho estrutural e segurança no uso e operação (NBR 15575-4)
    A empresa deve informar características de desempenho estrutural, como: resistência a impactos de corpo mole e corpo duro.
  • Estanqueidade à água
    A empresa deve informar as condições de estanqueidade à água, no caso do emprego em paredes externas (estanqueidade à água de chuva) ou de paredes internas de áreas molhadas e molháveis (estanqueidade à água de uso e lavagem dos ambientes).
  • Durabilidade
    A empresa deverá apresentar informações a respeito: da resistência a agentes químicos; da resistência à ação do calor e choque térmico, no caso de fachadas, e da vida útil de projeto do produto.

Manutenção

O fabricante deverá especificar os serviços de manutenção para atingir a vida útil de projeto e as condições e equipamentos necessários à realização dos serviços de manutenção.

Como Comprar

Itens a serem verificados e/ou solicitados no momento da compra e recebimento.

  • Informar o local da entrega do material.
  • A forma ideal de entrega é em paletes protegidos.
  • Formato e as dimensões das placas cerâmicas.
  • Escolher os materiais de acordo com o ambiente onde serão aplicados, pois possuem características específicas para cada ambiente.
  • Ao comparar materiais de diferentes fabricantes verificar o grupo de absorção de água, resistência à abrasão, resistência mecânica e resistência ao manchamento.
  • Na hora da entrega verificar se o lote recebido possui as mesmas características de tonalidade, tamanho e referência (nome do produto). Seguir as instruções indicadas pelo fabricante na embalagem.
  • Verificar com o fabricante a área e a quantidade de placas cerâmicas em cada embalagem, pois variam de acordo com as dimensões das placas e dos fabricantes.
  • Verificar se o produto é certificado ou qualificado.
  • As condições de pagamento são negociadas com o revendedor ou diretamente com o fabricante do material.
PÁGINAS :: << Anterior | 1 | 2 | 3

publicidade

publicidade

Destaques da Loja Pini

A consulta dos profissionais ao site CONSTRUNORMAS não substitui, em hipótese alguma, o exame detalhado das normas técnicas vigentes junto à ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). Pelo contrário, as interpretações e apontamentos reunidos no site visam facilitar e estimular o consumo frequente das informações integralmente contidas nos textos das normas, comercializadas nos canais autorizados pela ABNT (http://www.abnt.org.br/)