publicidade

Vedações e revestimentos verticais >> Parede sem função estrutural

Blocos de gesso

 

Solicitar a avaliação técnica do produto

Obs.: A empresa deverá informar se o seu produto é detentor de DATec.

Solicitar informações sobre a classificação ambiental

Classificação do resíduo: conforme resoluções CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente) 307, de 05 de julho de 2002, e 431, de 24 de maio de 2011, os produtos oriundos do gesso são considerados de Classe B, resíduos recicláveis para outras destinações. Já conforme as NBR 10004 e NBR 10006, de maio de 2004, o gesso é classificado como sendo de Classe II A, não inerte.
- O FABRICANTE DEVE INFORMAR A CLASSE DO SEU PRODUTO.

Recomenda-se que:

  • Todos os resíduos de gesso sejam coletados e armazenados em local específico nos canteiros.
  • Sejam separados de outros materiais como madeira, metais, papéis, restos de alvenaria (tijolos, blocos, argamassa, etc.) e lixo orgânico.
  • O local de armazenagem dos resíduos de gesso na obra seja seco.
  • A armazenagem seja feita em caixa com piso concretado ou em caçamba. Em ambos os casos, o local deve ser coberto e protegido das chuvas e outros possíveis contatos com a água.
  • O transporte de resíduos obedeça às regras estabelecidas pelo órgão municipal responsável pelo meio ambiente e/ou pela limpeza pública, inclusive no que diz respeito à sua documentação. Os transportadores também devem ser cadastrados nesses órgãos municipais e por eles autorizados a circular.
  • Destinação do resíduo: Os resíduos de classe B são recicláveis.
  • O FABRICANTE DEVE INFORMAR A DESTINAÇÃO, CONFORME RESOLUÇÃO DO CONAMA

Obs.: Caso a empresa tenha DECLARAÇÃO AMBIENTAL DO PRODUTO, solicitar as informações.

DESEMPENHO

  • Desempenho estrutural e segurança no uso e operação (NBR 15575-4)
    A empresa deve informar características de desempenho estrutural, como: resistência e deslocamentos sob ação de cargas permanentes, acidentais e devidas ao vento (ELU e ELS); resistência a impactos de corpo mole e corpo duro; resistência a solicitações transmitidas por portas e resistência a solicitações transmitidas por peças suspensas.
  • Estanqueidade à água
    A empresa deve informar as condições de estanqueidade à água, no caso do emprego em paredes internas de áreas molhadas e molháveis (estanqueidade à água de uso e lavagem dos ambientes).
  • Segurança ao fogo (NBR 15575-4)
    Informar valores de resistência ao fogo da parede com blocos de gesso.
  • Desempenho acústico
    A empresa deve informar características relativas à isolação sonora da parede com blocos de gesso, considerando ruídos aéreos (Rw)
  • Durabilidade
    A empresa deverá apresentar informações a respeito da vida útil de projeto do produto.

Manutenção

O fabricante deverá especificar os serviços de manutenção para atingir a vida útil de projeto e as condições e equipamentos necessários à realização dos serviços de manutenção.

Como Comprar

Itens a serem verificados e/ou solicitados no momento da compra e recebimento.
• Informar o local da entrega do material.
• A forma ideal de entrega é em paletes protegidos.
• Informar o tipo e as dimensões dos blocos de gesso.
• Informar a condição de uso na alvenaria de vedação e outras características particulares de projeto.

 

PÁGINAS :: << Anterior | 1 | 2

publicidade

publicidade

Destaques da Loja Pini

A consulta dos profissionais ao site CONSTRUNORMAS não substitui, em hipótese alguma, o exame detalhado das normas técnicas vigentes junto à ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). Pelo contrário, as interpretações e apontamentos reunidos no site visam facilitar e estimular o consumo frequente das informações integralmente contidas nos textos das normas, comercializadas nos canais autorizados pela ABNT (http://www.abnt.org.br/)