publicidade

Notícias >>

Nova norma da ABNT determina o conteúdo reciclado em produtos de alumínio

Objetivo da NBR 16598 é facilitar a obtenção de certificações ambientais em edifícios

Gabrielle Vaz, do Portal PINIweb
22/Junho/2017
Marcelo Scandaroli

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) publicou em abril a NBR 16598 - Alumínio e Suas Ligas - Definições e Métodos de Cálculo para Determinação do Conteúdo Reciclado em Produtos Extrudados, Laminados e Fundidos, elaborada pelo CB-035 - Comitê Brasileiro do Alumínio. A norma técnica visa auxiliar as edificações com certificação ambiental.

Segundo a ABNT, o crescimento do uso de alumínio em construções e sua transformação em produtos acabados como esquadrias, janelas e portas motivou a criação de um texto. A NBR 16598 estabelece critérios para cálculo do percentual de material reciclado em produtos de alumínio, observando os requisitos mais rígidos das certificações ambientais de edifícios, como o selo Leed (Leadership in Energy and Environmental Design, na sigla em inglês).

O principal foco da norma foi a classificação em três tipos de resíduos metálicos gerados após o uso de alumínios: Run Around Scrap - RAS (sucata gerada durante o processo), material reciclável de pré-consumo e de pós-consumo.

"A partir de agora será possível padronizar os conceitos e métodos específicos de cálculo para definição do conteúdo reciclado em produtos extrudados, laminados e fundidos de alumínio e suas ligas", comenta Cíntia Figueiredo, coordenadora da Comissão de Estudos de Reciclagem de Alumínio do ABNT/CB-035.

O coordenador do Comitê de Tecnologia da ABAL, Ayrton Filleti destacou os principais benefícios da norma para todo o setor. "Além de melhorias ambientais na produção, processos e produtos, bem como redução de distorções no mercado, a ação irá uniformizar as declarações para certificações ambientais de edifícios", disse.

publicidade

publicidade

Destaques da Loja Pini

A consulta dos profissionais ao site CONSTRUNORMAS não substitui, em hipótese alguma, o exame detalhado das normas técnicas vigentes junto à ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). Pelo contrário, as interpretações e apontamentos reunidos no site visam facilitar e estimular o consumo frequente das informações integralmente contidas nos textos das normas, comercializadas nos canais autorizados pela ABNT (http://www.abnt.org.br/)