publicidade

Notícias >>

Norma sobre revestimentos cerâmicos de fachadas e paredes externas é revisada e entra em consulta nacional

Texto traz boas práticas de projeto, execução e manutenção do sistema construtivo utilizado com argamassa colante

Luísa Cortés, do Portal PINIweb
31/Janeiro/2017
Marcelo Scandaroli

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) colocou em consulta nacional até o dia 20 de março a NBR 13.755, que trata do procedimento para o revestimento de paredes externas e fachadas com placas cerâmicas e com utilização de argamassa colante. O objetivo da revisão foi atualizar o texto para adequação à tecnologia construtiva atual e aos novos conhecimentos adquiridos desse 1997.

A versão atualizada da norma também expõe diretrizes e boas condutas de projetos de revestimento de fachadas, em função de diversas variáveis presentes no revestimento, e discussões com projetistas de revestimento provenientes de cidades como Belém, Recife, Natal, Belo Horizonte, Brasília, São Paulo.

A revisão também valoriza o detalhamento da execução da etapa de obra, com um controle antes, durante e depois da sua realização. Além disso, propõe uma verificação prévia da camada de emboço, através de um ensaio de resistência superficial, incluindo critérios de aceitação. Tal procedimento é utilizado por diversos projetistas, mas ainda não era normatizado.

Segundo a ABNT, o texto trata do projeto e execução de revestimentos cerâmicos de fachadas e paredes externas com utilização de argamassa colante, mas não está relacionado com o problema recente enfrentado pelo setor, do descolamento cerâmico, já que trata apenas de paredes externas, onde não se utiliza produtos BIIb via seca ou via úmida.

Para enviar sugestões na consulta pública, clique aqui.

publicidade

publicidade

Destaques da Loja Pini

A consulta dos profissionais ao site CONSTRUNORMAS não substitui, em hipótese alguma, o exame detalhado das normas técnicas vigentes junto à ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). Pelo contrário, as interpretações e apontamentos reunidos no site visam facilitar e estimular o consumo frequente das informações integralmente contidas nos textos das normas, comercializadas nos canais autorizados pela ABNT (http://www.abnt.org.br/)