publicidade

Notícias >>

Norma sobre projeto e execução de tirantes está em consulta pública

Processo de revisão da NBR 5629 foi iniciado em 2013. Veja quais as principais mudanças no texto

Gabrielle Vaz, do Portal PINIweb
15/Agosto/2017

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) colocou em consulta pública até o dia 10 de setembro o texto revisado da NBR 5629, sobre projeto e execução de tirantes ancorados no terreno. O trabalho de atualização da norma foi iniciado em março de 2013 e contou com 30 reuniões da Comissão de Estudo de Execução de Tirantes (CE-002:152.010) do Comitê Brasileiro de Construção Civil (CB-002).

Marcelo Scandaroli

Os principais elementos revisados no texto foram: os requisitos da norma atual de calda de cimento (NBR 7681:2013), que estabelece o fator água-cimento menor que 0,4, não aplicável aos tirantes; a necessidade da introdução de novos tipos de tirantes; os sistemas de proteção não condizentes para execução, introduzindo detalhes factíveis usuais; introdução de detalhes técnicos para outras aplicações que não contenções; manutenção e inspeções periódicas; redação de um modo editorial moderno na sequência do processo – projeto, execução e ensaios; e introdução do conceito de desempenho na normativa.

O texto da NBR 5629 aborda principais elementos tirantes, como definições, projeto do tirante, execução e demais aspectos. O Anexo A possui elementos básicos e características do tirante. Já o Anexo B conta com requisitos para aplicação de ancoragens em situações específicas do projeto como contenções, prova de carga, lajes de sub pressão e demais situações. O Anexo C traz sistemas de projeto contra a corrosão. No Anexo D trata-se de métodos de ensaios com gráficos para interpretação dos resultados no Anexo E. O Anexo F, por fim, aborda requisitos para garantir o desempenho dos tirantes ao longo do tempo, ou seja, sua vida útil.

A comissão de rstudos foi coordenada pelo engenheiro Walter Iorio e composta pelo secretário João Augusto de Mattos Pimenta e relator João de Valentin. Durante todas as reuniões houve representantes de produtores, consumidores e neutros, bem como de associações como Associação Brasileira de Mecânica dos Solos e Engenharia Geotécnica (ABMS), Associação Brasileira de Engenharia de Fundações (ABEF) e Associação Brasileira de Empresas de Projetos e Consultoria em Engenharia Geotécnica (ABEG).

publicidade

publicidade

Destaques da Loja Pini

A consulta dos profissionais ao site CONSTRUNORMAS não substitui, em hipótese alguma, o exame detalhado das normas técnicas vigentes junto à ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). Pelo contrário, as interpretações e apontamentos reunidos no site visam facilitar e estimular o consumo frequente das informações integralmente contidas nos textos das normas, comercializadas nos canais autorizados pela ABNT (http://www.abnt.org.br/)