publicidade

Notícias >>

NBR 9607, sobre prova de carga estática em estruturas, está em consulta nacional

Texto estabelece os requisitos mínimos e os procedimentos gerais a serem observados no planejamento e execução do ensaio em estruturas de concreto e protendido

Gabrielle Vaz, do Portal PINIweb
23/Junho/2017

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) colocou em consulta pública até o dia 27 de julho a NBR 9607 - Prova de Carga Estática em Estruturas de Concreto - Requisitos e Procedimento. A revisão do texto em vigor desde 2013 começou há 18 meses pela CEE-169 - Comissão de Estudo Especial de Inspeções de Estruturas de Concreto, coordenada pelo engenheiro Júlio Timerman, presidente do Instituto Brasileiro do Concreto (IBRACON) e conselheiro da Abece (Associação Brasileira de Engenharia e Consultoria Estrutural).

A normativa estabelece os requisitos mínimos e os procedimentos gerais a serem observados no planejamento e execução de provas de carga estáticas em estruturas de concreto e protendido. "Os principais tópicos alterados se referem a itens que apresentavam dúvidas na versão anterior, tais como: carga a ser aplicada nos ensaios de edificações e pontes, tempo de carregamento e descarregamento e avaliação da aceitação dos ensaios em função dos resíduos e deslocamentos medidos", comenta Timerman.

De acordo com o engenheiro, a norma utilizou referências internacionais, como a ACI (Americana, Espanhola e Canadense) que tange a carga a ser utilizada no ensaio e limites para aceitação dos ensaios para sua elaboração.

A Abece lembra que a NBR 9607 aplica-se a estruturas de edifícios. "No caso de obras especiais, como portuárias, obras-de-arte, reservatórios e silos, os parâmetros para a elaboração da prova de carga devem ser especificados por projetista estrutural responsável", diz a entidade.

Após a consulta pública, a comissão da norma técnica irá se reunir para análise as sugestões recebidas para publicar o texto. Clique aqui e acesse a consulta pública.

publicidade

publicidade

Destaques da Loja Pini

A consulta dos profissionais ao site CONSTRUNORMAS não substitui, em hipótese alguma, o exame detalhado das normas técnicas vigentes junto à ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). Pelo contrário, as interpretações e apontamentos reunidos no site visam facilitar e estimular o consumo frequente das informações integralmente contidas nos textos das normas, comercializadas nos canais autorizados pela ABNT (http://www.abnt.org.br/)