publicidade

Instalações elétricas de baixa tensão >> Entrada de energia - Subestação

Subestação de entrada de energia

Características técnicas para atender a norma:

Norma NBR 14039:2005 - Instalações elétricas de média tensão de 1,0 kV a 36,2 kV

Classificação
Item ou Aspectos

Observação

Disposições gerais

Podem ser abrigadas ou ao tempo, instaladas na superfície, subterrâneas ou aéreas

Localização de fácil acesso

Podem ou não fazer parte da edificação

Vedado o acesso de pessoas comuns

Os equipamentos de controle, proteção, manobra e medição, operando em baixa tensão, devem fazer parte de um conjunto separado

Fixação de placas de advertência

Nas instalações de equipamentos com líquido isolante inflamável ou volume superior a 100 L:
- Construção de barreiras entre os equipamentos ou outros meios para evitar a propagação de incêndio
- Construção de dispositivo para drenar ou conter o líquido proveniente de vazamentos

Subestações abrigadas

Espaço livre mínimo de circulação de corredores de controle de manobra e locais de acesso é de 0,70 m

Janelas e vidraças devem ser fixas e protegidas com telas metálicas com malhas de no mínimo 5 mm e no máximo 13 mm ou uso de vidro aramado

Iluminação de segurança com autonomia mínima de 2 h

Possuir ventilação natural ou forçada

Diferença de temperatura interna no local de funcionamento de equipamento não deve ultrapassar 15°C

Temperatura ambiente não deve ultrapassar 35°C

Em ambientes corrosivos o ar deve ser aspirado do exterior e o local deve ser mantido sobre sob pressão superior à do ambiente corrosivo. Prever dispositivos de alarme ou desligamento automático no caso de falha

Abertura de ventilação deve estar a 20 mm acima do piso exterior, construídas em forma de chicana, protegida por tela metálica com malha mínima de 5 mm e máxima de 13 mm

Nas entradas subterrâneas, do lado externo, o cabo deve ser protegido por eletroduto metálico, até a altura de 3 m acima do nível do solo

As subestações devem ter portas metálicas, com dimensões 0,80 m x 2,10 m, as portas devem abrir para fora

Subestações subterrâneas

Devem ser impermeabilizadas contra infiltração de água

Possuir no mínimo uma abertura para serviço ou emergência com as seguintes dimensões 0,80 m x 2,10 m, quando laterais e quando localizadas no teto dimensões que permitam a inscrição de circulo com no mínimo 0,60 m

Proteção contra invasão de águas:
- Porta estanque
- Com desembocadura a céu aberto

Acessos podem ser tipo chaminé com altura para impedir inundação

Entradas e saídas de condutos devem ser obturadas

Subestações ao tempo

Equipamentos devem ser resistentes às intempéries

Subestações instaladas na superfície do solo

Possuir elementos de proteção para evitar a aproximação de pessoas e animais

No caso de uso de tela como proteção externa, a tela deve ter malha com abertura máxima de 50 mm e ser de aço zincado com diâmetro mínimo de 3 mm

A parte inferior de proteção deve ficar no máximo 10 cm acima da superfície do solo

O sistema de proteção externo, quando metálico, deve ser ligado à terra

Portas de acesso com dimensões mínimas de 0,80 m x 2,10 m

Possuir sistema de escoamento de águas pluviais

Devem possuir iluminação artificial e iluminação natural sempre que possível. As janelas e vidraças devem ser fixas e protegidas com telas metálicas com malhas com no mínimo 5 mm e no máximo 13 mm. O uso de vidro aramado dispensa a tela de proteção

Iluminação de segurança com autonomia mínima de 2 h

As instalações que contenham líquido isolante devem ser protegidas conforme as recomendações da norma

Subestações instaladas acima da superfície do solo

Todas as partes vivas não protegidas em áreas de circulação de pessoas devem ser situadas no mínimo a 5 m da superfície do solo. Quando não for possível a altura mínima de 5 m para as partes vivas, pode ser tolerado o limite de 3,5 m, desde que o local tenha anteparo horizontal em tela metálica ou equivalente, ligado à terra, com as características a seguir: afastamento mínimo de 40 cm das partes vivas; malha com no máximo de 50 mm de abertura; Fios de aço zincado ou material equivalente, com diâmetro mínimo de 3 mm.

Espaço livre para manobras, inspeção ou manutenção com diâmetro mínimo de 0,60 m

O equipamento pode ser instalados sobre:
- Postes ou torres de aço, concreto ou madeira
- Plataformas elevadas sobre estrutura de concreto, aço ou madeira
- Áreas sobre coberturas de edifícios, não sendo permitido o empredo de líquido isolante inflamável

Todas as partes vivas não protegidas em áreas de circulação de pessoas devem ser situadas no mínimo a 5 m da superfície do solo*

Portas de acesso com dimensões mínimas de 0,80 m x 2,10 m


PÁGINAS :: 1 | 2 | Próxima >>

publicidade

publicidade

Destaques da Loja Pini

A consulta dos profissionais ao site CONSTRUNORMAS não substitui, em hipótese alguma, o exame detalhado das normas técnicas vigentes junto à ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). Pelo contrário, as interpretações e apontamentos reunidos no site visam facilitar e estimular o consumo frequente das informações integralmente contidas nos textos das normas, comercializadas nos canais autorizados pela ABNT (http://www.abnt.org.br/)