publicidade

Movimentação Vertical >>

Elevadores de canteiros de obras para pessoas e materiais

Lista de perigos

Norma ABNT NBR 16200:2013 - Elevadores de canteiros de obras para pessoas e materiais com cabina guiada verticalmente - Requisitos de segurança para construção e instalação

Item

Observação

Perigos mecânicos

Esmagamento

Perigos relacionados ao projeto e construção gerais de elevadores para pessoas e materiais

Corte

Cortes ou desmembramentos

Entrelaçamento

Estiramento ou prendimento

Impacto

Perfurações e punções

Atrito e abrasão

Ejeção de fluido de sob alta pressão

Ejeção de peças

Perda de estabilidade

Escorregão, tropeção e queda

Perigos elétricos

Contato elétrico

Fenômenos eletrostáticos

Radiação térmica

Influências externas

Perigos térmicos

Queimaduras e escaldaduras

Efeitos de danos à saúde

Perigos gerados por ruídos

Perda de audição

Interferência com a fala

Perigos gerados por vibração

Perigos gerados por radiação

Arcos elétricos

Lasers

Fontes de radiação de ionização

Utilização de campos eletromagnéticos de alta frequência (HF)

Perigos gerados por materiais e substâncias processados, utilizados ou descarregados por maquinarias

Contato ou inalação de fluidos perigosos, gases, névoas, fuligens e poeiras

Fogo ou explosão

Biológico ou microbiológico

Perigos gerados por negligência aos princípios ergonômicos da maquinaria

Posturas não saudáveis ou esforços excessivos

Consideração inadequada da anatomia humana de mãos/braços ou pés/pernas

Negligência no uso de equipamento de proteção individual

Iluminação inadequada da área

Sobrecarga ou inatividade mental, estresse

Erro humano

Combinações de perigos

Perigos causados por falha de fornecimento de energia, quebra de peças de maquinaria e outros desarranjos funcionais

Queda de energia elétrica

Ejeção inesperada de peças ou fluidos da máquina

Falha ou mau funcionamento do sistema de controla

Erro de ajustes

Tombamento, perda inesperada de estabilidade da máquina

Perigos causados por medidas/meios ausentes e/ou incorretamente posicionados relacionados à segurança

Proteções

Dispositivos (de proteção) relacionados à segurança

Dispositivos de partida ou parada

Avisos e sinalizações de segurança

Dispositivos de advertência ou de informação

Dispositivos de desligamento do fornecimento de energia

Dispositivos de emergência

Meios de alimentação/remoção de peças trabalhadas

Equipamentos e acessórios essenciais para ajuste e/ou manutenção com segurança

Gases liberados por equipamentos

Perigos devido à mobilidade

Perigos específicos relacionados à mobilidade e/ou à habilidade de levantamento de carga de elevadores de pessoas e materiais

Iluminação inadequada de área de movimentação/trabalho

Perigos devido à instabilidade repentina de movimento durante o manuseio

Projeto inadequado/não ergonômico da posição de operação

Perigos mecânicos

Perigos devido a operações de levantamento

Falta de estabilidade

Descarrilamento da cabina

Perda de resistência mecânica de maquinaria e acessórios de levantamento

Perigos causados por movimento descontrolado

Vista inadequada de trajetórias de peças móveis

Perigos causados por iluminação

Perigos causados por carregamento/sobrecarga

Perigos a pessoas que utilizam o elevador

Cabina sobrecarregada ou superlotada

Perigos específicos relacionados ao transporte de pessoas de elevadores de pessoa e materiais

Movimento inesperado da cabina causado por controles externos ou outros movimentos da máquina

Velocidade excessiva

Queda de pessoas da cabina

Queda ou tombamento da cabina

Aceleração ou freada excessiva da cabina

Perigos devido a marcações imprecisas

Nota: O leitor deve consultar a norma para verificar as subseções correspondentes a cada um dos perigos apresentados na tabela acima.

Solicitar informações sobre a classificação ambiental

  • Classificação do resíduo: o fabricante deve informar a classe do seu produto, considerando todos os materiais constituintes conforme as resoluções CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente) 307 de 05 de julho de 2002 e 431 de 24 de maio de 2011.

  • Destinação do resíduo: o fabricante deve informar a destinação, conforme as resoluções do CONAMA para todos os materiais constituintes.

Obs.: Caso a empresa tenha DECLARAÇÃO AMBIENTAL DO PRODUTO, solicitar as informações.

DESEMPENHO

  • Durabilidade A empresa deverá apresentar informações a respeito da vida útil de projeto do produto.

Manutenção

O fabricante deverá especificar os serviços de manutenção para atingir a vida útil de projeto e as condições e equipamentos necessários à realização dos serviços de manutenção.

O manual de instruções deve estabelecer a frequência de exames periódicos, ensaios e manutenção de acordo com os requisitos dos fabricantes, condições de operação e frequência de utilização. Devem ser dadas informações sobre os itens a serem verificados e sua adequabilidade de uso.

O manual de instruções deve reproduzir o livro de ocorrências, caso o livro não tenha sido entregue junto com o equipamento.

O manual deve informar quais as peças sujeitas a desgaste e os critérios de substituição; também deve incluir uma seção relacionada com a verificação completa relativa à duração sob fadiga.


PÁGINAS :: << Anterior | 1 | 2

publicidade

publicidade

Destaques da Loja Pini

A consulta dos profissionais ao site CONSTRUNORMAS não substitui, em hipótese alguma, o exame detalhado das normas técnicas vigentes junto à ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). Pelo contrário, as interpretações e apontamentos reunidos no site visam facilitar e estimular o consumo frequente das informações integralmente contidas nos textos das normas, comercializadas nos canais autorizados pela ABNT (http://www.abnt.org.br/)